domingo, 28 de julho de 2013

Ritmos do Corpo ~ Ritmos da Vida 02

Elevando nossas energias
 Parte 02

A pulsação implica num estado de equilíbrio, de constância

O ritmo é nossa âncora de aterramento.

     Quando precisamos nos libertar do redemoinho de atividades da vida e redescobrir o nosso centro é para a  nossa pulsação que retornamos.
E para continuar ludicamente encontrando nosso ritmo, tente tocar com as mãos alternadas, no seu colo,    ou nas suas coxas ou na mesa:

 Um - Dois - Três - Quatro   /   Um - Dois - Três - Quatro

Colocando ênfase a cada quatro batidas ou seja, o Um sempre mais forte! 

Continue nesse RITMO até fluir com facilidade...
 Quando fluir facilmente comece a cantar "Ciranda, cirandinha" junto com as batidas no corpo,
  sendo a sílaba grifada sempre o tempo mais forte - o Um:

Ciranda, cirandinha,
Vamos todos cirandar!
Vamos dar a meia volta,
Volta e meia vamos dar

O Anel que tu me destes
Era vidro e se quebrou;
O amor que tu me tinhas
Era pouco e se acabou,

Por isso dona Rosa
Entre dentro desta roda,
Diga um verso bem bonito,
Diga adeus e vá se embora.

Está fluindo gostoso? Aposto que sim! Se tiver alguém aí brincando com você,
experimentem juntar uma fazendo o exercício da semana passada - Tchu, tchu, tchu, tchu e outra o de hoje...

 Me contem depois se foi divertido!






Nenhum comentário:

Postar um comentário